Follow by Email

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Talvez a menina esteja apenas clamando por atenção, acenando em meio às lágrimas de sua face para a mulher que a abandona de forma abrupta.

Ter consciência da sua solidão é um desafio imenso, mas o que lhe fere não é a falta, na verdade é a presença vazia daqueles que deveriam está ao seu lado.
E quando menos sorrisos são concedidos,quando o mundo real lhe é apresentado à bonequinha de porcelana é que de fato encontra a felicidade,ou melhor, é quando ela vê que nunca havia sido feliz.
A vida que lhe foi apresentada como um belo quadro Renascentista agora lhe parece algo tão confuso e fascinante quanto uma obra de Dali.
A demolição das suas convicções lhe custa muito, poucos presenciam o seu sofrimento.
A menina é só uma menina cansada, cansada de brincar.
Brincar de ser mulher.

Daniella Florencio Siqueira - Lua Primeira

TORRÊNCIAL SONORIDADE

CAMINHOS ACHADOS LUGARES ANDANÇAS
SONHOS CABULOSOS DE VERSO INVERTIDO
SOU EU UM POETA? SOU EU ATREVIDO
SOU EU MAIS UM POBRE QUE TEM ESPERANÇA
SOU EU INOCENTE SOU EU A CRIANÇA?
ENTÃO ME PROPONHO A REALIZAR
NÃO ME IMPORTANDO PERDER OU GANHAR
MIGRANTE SONORO NA LINHA DO TEMPO
TORRES DE SONHOS MAIS UM PASSAMENTO
QUE SEMPRE COMEÇA NA BEIRA DO MAR


TORRÊNCIA SAGRADA DIVINA ALEGRIA
SONHANDO COM ARTE CONCRETIZADA
POETA BENDITO DE ALMA CRAVADA
NOS VASTOS CAMINHOS DA POESIA
PASTAGENS RIZONHAS GRANDE CALMARIA
EDFICIOS FANTATISCOS PARA IMAGINAR
FAROL DE ESPERANÇAS EU VOU ENCONTRAR
NOS VERSOS MAIS BELOS EM RIMAS CANTANTES
EU FALO MAIS ALTO QUE AUTO - FALANTES
NOS SONHOS QUE SONHO NA BEIRA DO MAR

JAELSON GOMES

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

AO ANETE VALE - UCA

Escute esse versos singelos
Falados por um simles professor
Que tem o orgulho dizer fazer parte
De um projeto tão inovado
Imaginar tão real realidade
É fantasia deparar-se com a verdade
Que é sonho de todo educador


Um mundo tecnologico
Na sala de aula presente
Viagens siber espaciais
De veredas envolventes
Fazer a aula espetaculo
E destruir todo obstaculo
Nos educandos da gente


Uma educação renovada
É o que agora vamos ter
Na palma de nossa mão
Acredite venha ver
A diferença se faz
Quando unimos ideais
Para o país crescer


Se a proposta é revolução
Então vamos revolucionar
Começamos por aqui
No estudante a preparar
Para um mundo de cobranças
Temos neles a esperança
De um bom desemprenhar


Trazer tecnologia
Para quem nao tem muito acesso
É mais que tudo construir
As escadas do progresso
Esperar assim no futuro
Clarear todo escuro
Um educar de sucesso


Um computador por aluno
Essa é a inovação
Projeto UCA presente
Como luva em nossa mão
ANETE VALE agadece
nosso educando merece
SÃO O FUTURO DA NAÇÃO

PARVULU TRABALHIS

meu brinquedo são enxada e terra
os meu jogos corta cana o dia inteiro
brincadeiras de cunho verdadeiro
e o cansaço no fim do dia encerra
os meus sonhos cortantes como serra
sou feliz mas nao tenho sorrisos
e o futuro é caminho indeciso
sou criança adulta na labuta
sou guerreiro inocente nesta luta
minha vida não tem sido paraiso

minha esmola esse mes nao tem chegado
triste sina de um pobre menino
mas parece que somente nordestino
nao recebe um NOEL tão esperado
produção ao patrão tenho entregado
pagfamento tão pouco escravo sou
e cantando, encantado vou
para casa onde volto a ser criança
reacendo de novo a esperança
ser a criança que o mundo projetou